MANDINGA DE SE VÊ

BELO HORIZONTE/MG - 2016

”O Capoeirista é um curioso, tem mentalidade para muita coisa, sabendo aproveitar de tudo o que o ambiente lhe pode proporcionar. E a Capoeira Angola só pode ser ensinada sem forçar a naturalidade da pessoa. O negócio é aproveitar os gestos livres e próprios de cada um.” Mestre Pastinha

 

O Trabalho de Conclusão de Curso “Mandinga de se vê” consiste em uma produção visual baseada nas minhas vivências dentro da Capoeira Angola, mais especificamente no grupo FICA-BH, coordenado pelo Mestre Jurandir, no qual eu faço parte. A produção conta com gravuras, desenhos, pinturas e intervenções no espaço da Casa Cultura, onde fica a sede do grupo. O trabalho reflete como a minha pesquisa em arte sempre teve ligação direta com a cultura popular, a religiosidade afro-brasileira e os ensinamentos dos mais velhos. Trecho de apresentação do TCC de Antônio Salgado.

Autor: Pico + Antônio Salgado
Projeto Gráfico: TCC de Antônio Salgado, com o título “Mandinga de se vê”, para o curso de Artes Visuais da EBA/UFMG
Data: dezembro de 2016 - Casa Cultura, sede da FICA-BH.
Dimensões: 150 x 150 cm
Este trabalho participou da Exposição Sementes de Assentamentos que aconteceu no primeiro semestre de 2017 na FAE/UFMG (BH/Minas Gerais) e no segundo semestre na  CAP/UFRR (Boa Vista/Roraima).

MANDINGA DE SE VE_PICO.jpg
MANDINGA DE SE VE_PICO.jpg

press to zoom
MANDINGA DE SE VE_PICO2.jpg
MANDINGA DE SE VE_PICO2.jpg

press to zoom
MANDINGA DE SE VE_PICO1.jpg
MANDINGA DE SE VE_PICO1.jpg

press to zoom
MANDINGA DE SE VE_PICO.jpg
MANDINGA DE SE VE_PICO.jpg

press to zoom