GRAFISMO DE ACESSO_PICO4.jpg
GRAFISMO DE ACESSO_PICO4.jpg

press to zoom
GRAFISMO DE ACESSO_PICO5.jpg
GRAFISMO DE ACESSO_PICO5.jpg

press to zoom
GRAFISMO DE ACESSO_PICO8.jpg
GRAFISMO DE ACESSO_PICO8.jpg

press to zoom
GRAFISMO DE ACESSO_PICO4.jpg
GRAFISMO DE ACESSO_PICO4.jpg

press to zoom

GRAFISMOS PARA ACESSO

BELO HORIZONTE/MG - MARÇO DE 2013

Após longas conversas sobre mobilidade, descaso e a falta de rampas de acesso com o amigo Cristiano, cadeirante que vive cotidianamente a dificuldade de fazer seus percursos, comecei a reparar mais atentamente o que conecta as pessoas aos lugares.

 

Mesmo sabendo que, “lugar de bicicleta é na rua”, optei em pedalar cuidadosamente por calçadas, para pesquisar a falta destas rampas e os projetos que não consideram os cadeirantes.

Nos estudos e pedaladas por várias calçadas, os bloqueios e impedimentos encontrados às mobilidades de transporte serviram como teste e ampliação do projeto Grafismos para acesso. Nele, calçadas quebradas que causavam obstrução ou risco, foram livremente sinalizadas com tinta amarela, chamando a atenção dos passantes.

 

Quando o fazer artístico é desprovido de julgamentos entre o que é correto, belo, bom ou ruim, ampliam-se os campos de criação e o envolvimento direto com a sustentabilidade, com o reaproveitamento de materiais, o uso de quaisquer objetos coletados, pesquisados, podem se reconectar com os lugares e situações onde foram encontrados e assumindo outras funções.

AUTOR: PICO

TÍTULO: Grafismos para acesso

DATA: Março de 2013

DIMENSÕES: Variadas

TÉCNICA E MATERIAL: Tinta látex amarela, rolinho, madeira e pedras.